• Início
  • Journal
  • Giro etapa 18 – E A fuga aprontou de novo!
  • Giro etapa 18 – E A fuga aprontou de novo!

    Giro etapa 18 – E A fuga aprontou de novo!

    João partiu o nosso coração. A notícia do dia no Giro d’Italia foi o abandono do português João Almeida (UAE). Ele testou positivo para COVID e deixa a disputa quando ocupava a quarta colocação na CG. A Etapa 18 marcou a emocionante vitória da fuga naquela que seria a última oportunidade dos velocistas. É a quarta vez consecutiva que a última etapa plana do Giro assiste a fuga frustrar a expectativa de uma chegada massiva. 

     

    Quem disse que não foi para o sprint? 

    Não dá para falar que o pelotão dormiu no belo trajeto entre Borgo Valsugana e Treviso. Desde a formação da fuga, as equipes dos velocistas tentaram controlar a diferença para manter a situação sob controle. Com

    Os quatro escapados rodaram alinhados para surpreender o pelotão


    O mérito é do quarteto formado por Davide Gabburo (Bardiani), Dries de Bondt (Alpecin), Magnus Cort (EF) e Edoardo Affini (Jumbo) que trabalhou muito afinado para sustentar uma vantagem até o final. 

    O trajeto da etapa percorreu os vinhedos dos tradicionais espumantes italianos

    Quem levou a melhor no sprint foi o belga Dries de Bondt. Primeira vitória WorldTour deste ciclista de 30 anos. E terceira vitória da Alpecin-Fênix, de Mathieu Van der Poel, nesta edição. 


    O desempenho do tuga nas montanhas pode ter sido afetado pela Covid


    O pelotão se esforçou tanto que uma quebra se formou e deixou para trás dois nomes bem colocados na geral, o espanhol Juan Pedro Lopez (Trek) e Thymen Arensman (DSM), dois nomes que brigam agora pela camisa branca (melhor jovem) com o colombiano Santiago Buitrago (Bahrain). Uma luta que renasceu com o abandono de João Almeida.


    A TREK toda alinhada momentos antes do caos se formar com a quebra do pelotão

    O português que havia se distanciado dos três melhores na geral na etapa de ontem, já apresentava sinais gripais (ele reclamava de um cansaço anormal na última subida), que mais tarde confirmaram ser COVID. Por protocolo, ele foi retirado da disputa.

    Não foi da melhor forma, mas o francês garantiu a classificação por pontos


    Na maglia ciclamino, o sexto lugar de Arnaud Demare deixou matematicamente com o título. Basta chegar em Verona. E olha que não vai faltar emoção nessa tarefa. 


    Na briga pela maglia rosa, tudo igual e tenso para as duas etapas consecutivas de montanha nesta sexta e no sábado. A etapa 19 conta com 4 subidas categorizadas (3-3-1-2), uma passagem pela Eslovênia e um final ao alto. Com 3s separando Jay Hindley (Bora) do líder Richard Carapaz será mais um dia tenso na briga pela vitória. 

     

     

    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.