• Início
  • Journal
  • Fita de aro – o suspeito número último pode ser o culpado
  • Fita de aro – o suspeito número último pode ser o culpado

    Fita de aro – o suspeito número último pode ser o culpado

    Pneus furados ou esvaziando sempre nos levam a culpar os suspeitos mais comuns: Pneus, câmaras, bicos e selante. Mas nem sempre eles são os responsáveis pelo vazamento de ar.

     

    A fita de aro é uma importante peça que vai entre a câmara de ar e o aro e pode nos jogar no buraco quando a deixamos de lado. No caso dos tubeless, apesar de diferente aplicação, as consequências também podem ser desastrosas.

    Precisamos entender que este importante componente também possui uma vida útil e que ele pode sofrer avarias mesmo estando escondido ali dentro do pneu.

    Nos esquecemos que uma fita de aro velha, mal instalada ou movimentada vai ser um festival de câmaras de ar furadas.

    As fitas do sistema tubeless possuem função ainda mais importante, de vedação e impermeabilização. Acontece que essa conversa é para ambos os times - usuários de tubeless e de câmara - pois, caso ocorra algum furo no sistema tubeless (que é normal), você imediatamente se transforma em um usuário de câmara de ar pra conseguir chegar em casa. E você precisa estar pronto para isso.

    O ponto é que, se a sua fita de aro estiver velha, dobrada, sobrando pontas ou ressecada, você vai ter pneus furados ou esvaziando - seja você um usuário de tubeless ou de câmara de ar. E é muito comum que a gente coloque a culpa no pneu, câmara ou bicos.

    Nos esquecemos de investigar a fita de aro, que fica ali bem escondida.

    Quando as fitas ficam velhas é comum que aumentem ou diminuam de tamanho, a depender da sua marca, modelo e material utilizado. Essa mudança de tamanho pode criar abas laterais que vão criando arestas nocivas para a sua câmara de ar. No caso do sistema tubeless, fica ainda mais fácil de entender que a cola se solta, abrindo espaço para o vazamento de ar.

     

    Faz parte de uma revisão geral abrir o pneu a cada 3 meses (puristas recomendam a cada 01 mês) para avaliar a quantidade de líquido presente. É comum que os mecânicos se esqueçam de averiguar nesse momento, como anda a saúde da fita de aro.

    É comum tambem que fitas de aro venham com instalação inadequada de fábrica, assim como é possível que elas se movimentem nas primeiras semanas de uso ou ao longo de remoções do pneu.

    Essas possibilidades só aumentam a necessidade que temos de conferir como está essa peça e, eventualmente, realizar a troca.

     

    Compartilhe este post

    1 comentário

    É um fato!

    Arthur Biagioni Junior

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.