• Início
  • Journal
  • Entenda o novo Flight Attendant SID lançado pela Rock Shox
  • Entenda o novo Flight Attendant SID lançado pela Rock Shox

    Entenda o novo Flight Attendant SID lançado pela Rock Shox

    As novas suspensões eletrônicas e amortecedores RockShox Flight Attendant SID dispensam cabos ou controles remotos, portanto uma de suas qualidades que se destaca é a facilidade de montagem e configuração. 

    Os atletas patrocinados pela RockShox usam as novas suspensões Flight Attendant há meses, o que tem sido um bom campo de testes para a marca.

    Por exemplo, na última Copa do Mundo em Lenzerheide, o 10 vezes campeão mundial Nino Schurter conseguiu estabelecer um novo recorde de vitórias nesta competição diante de seus torcedores. Nesse circuito ele usou as novas suspensões e seus dados foram surpreendentes. A suspensão fez 1.325 alterações nos pouco menos de 90 minutos que durou a corrida. Algo impensável se tivessem que ser feitos manualmente.

    O Flight Attendant está no catálogo RockShox há cerca de 3 anos, mas esta nova versão está otimizada com um novo algoritmo que, além de levar em conta o terreno, se adapta às condições e preparo físico do ciclista .

    Tudo começa com o AXS (o sistema sem fio da SRAM e RockShox), que coleta uma enorme quantidade de dados a cada fração de segundo. O Flight Attendant analisa essas informações e ajusta a configuração de suspensão ideal para cada momento.

    É composto pelo amortecedor e garfo com cartucho Flight Attendant mais um sensor na área do movimento central que pode ser combinado com o medidor de potência próprio da SRAM. Tudo isso, apenas com o restante dos componentes AXS montados, intercomunicam-se sem fio para escolher a configuração ideal várias vezes a cada segundo.

    O amortecedor e garfo Flight Attendant apresentam três posições de compressão, que passam automaticamente de um travamento firme (Lock) para uma posição de pedalada eficiente (Pedal) ou uma configuração aberta (Open) para absorver grandes saltos ou impactos.

    A mudança entre uma posição e outra é realizada de forma fluida e natural sem interferir nas sensações de pedalada do ciclista. A marca afirma que a grande novidade é o sistema conhecer a pedalada do piloto. O sistema possui modo Bias Adjust para permitir que o piloto ajuste o comportamento do sistema no modo automático, podendo migrar para uma posição aberta ou travada, dependendo do seu estilo de pilotagem e terreno. 

    Este novo recurso coleta dados de suas sessões anteriores para calcular com precisão suas zonas de intensidade e o algoritmo é atualizado automaticamente com base no seu nível de condicionamento físico. Isso é combinado com os dados do terreno e sua escolha de Bias e o sistema faz a melhor escolha em cada situação. Você poderia dizer que é capaz de ler sua mente e antecipar:



    Quando a intensidade atinge a zona de Sprint, o Adaptive Ride Dynamics incentiva o sistema a travar as suspensões.
    Ao detectar que sua zona de Alta Intensidade foi atingida, o Adaptive Ride Dynamics tende a tornar as suspensões mais eficientes (mais firmes)
    Assim que detecta que sua intensidade cai para a zona Média, o Adaptive Ride Dynamics tende a equilibrar conforto e eficiência.
    Na sua zona de baixa intensidade, quando você anda relaxado, o Adaptive Ride Dynamics se inclina para o conforto e a sensibilidade.

     

    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.