• Início
  • Journal
  • Giro etapa 11 – a Itália sorri
  • Giro etapa 11 – a Itália sorri

    Giro etapa 11 – a Itália sorri

    por Leandro Bittar

    De onde menos se esperava surgiu a primeira vitória de etapa italiana do Giro. O velocista de 24 anos Alberto Dainese, da DSM,  foi o mais rápido no sprint que decidiu a etapa 11. O dia foi marcado por um pelotão que incorporou a tradição de “velocidade” da região da Emilia Romagna e andou acelerado nos 203 km da mais plana das etapas desta edição.

    A expectativa de vento cruzando cortando o pelotão não se efetivou, mas deixou o clima (in)tenso o tempo todo nesta quarta. A Ineos assumiu a ponta do pelotão e aproveitou para somar 3s de bonificação para Richard Carapaz. O equatoriano agora é o vice-líder na geral, com 12s de atraso para o espanhol Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)

    Viajo imaginando a expressão dos ciclistas dessa foto sem óculos!

    O jovem Alberto Dainese foi a grande surpresa da etapa ao arrematar um sprint – que mais uma vez – apresentou uma reviravolta nos metros finais. Arnaud Demare (Groupama-FDJ) e Fernando Gaviria (UAE) pareciam destacados na disputa pela vitória quando o garoto da DSM saltou da roda do colombiano para conquistar o resultado mais expressivo da sua carreira.

    O australiano Ewan não consegue comprovar seu favoritismo neste Giro

    É a primeira vitória dele e também a primeira um italiano neste Giro d’Italia. Dainese achou uma brecha para furar esse sprint e também para se afirmar como um grande nome nas chegadas massivas. É verdade que ele estava no radar, mas com tantos grandes nomes não era considerado entre os favoritos. A expectativa é que o jovem da região de Treviso encontre a autoestima para voos ainda maiores. O oposto de Caleb Ewan (Lotto-Soudal), que chegou como o homem a ser batido nos sprints, mas vive um momento péssimo.
    Nesta quinta-feira o pelotão encara uma nova etapa mista, com três subidas de categoria 3 e todos os ingredientes para mais um dia de muita emoção. Os velocistas saem de cena e entram os atacantes. A fuga terá grande protagonismo e estou curioso para ver como será o comportamento do sempre favorito Mathieu Van der Poel (Alpecin) sem a presença de Biniam Girmay, que infelizmente não largou para a etapa de hoje.

    Nota: Nesta quinta, a partir das 6h40 da manhã, você pode assistir a etapa 12 na íntegra, desde a largada neutralizada no canal DSports comigo e com Sidney White, todos os dias, desde a largada neutralizada. Se você estiver assistindo pela RAI ou pela GCN, use a hashtag #GironoDSports e interaja conosco.

    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.