• Início
  • Journal
  • Pauline Ferrand Prevot está flertando com o road
  • Pauline Ferrand Prevot está flertando com o road

    Pauline Ferrand Prevot está flertando com o road

    A francesa Pauline Ferrand-Prévot, aos 31 já foi Campeã do Mundo em estrada, CX, XCO e gravel, e só no ano passado conquistou 4 títulos mundiais, em XCC, XC, XCM e gravel. Para 2023, ela assinou com a poderosa INEOS Grenadiers, a primeira e única mulher do time, e agora aponta que poderá voltar à estrada após as Olimpíadas de Paris 2024.

    Após uma pausa abrupta devido a uma lesão durante a temporada de 2023 do CX, a francesa Pauline Ferrand-Prevot estava 100% dedicada à sua recuperação antes do início da temporada de MTB. E apesar de ainda não a termos visto em nenhuma prova deste tipo este ano, a verdade é que dentro de 20 dias começa o Mundial de XCO em Nove Mesto e Pauline vai largar vestida com a camisa de campeã do mundo e com as cores do seu nova equipe, a INEOS.
    A chegada de Pauline a INEOS gerou muita empolgação por ser a única mulher na equipe e também veio competir principalmente no MTB e ciclocross, duas modalidades em que a estrutura conta apenas com Pauline e Thomas Pidcock como ciclistas. E embora digamos que só tem dois ciclistas, a verdade é que com Pidcock e Prévot já falamos de uma das equipes mais poderosas atualmente em ambas as modalidades.
    Mas parte da expectativa veio para ver como serão os próximos passos da equipe. E nessa direção os rumores apontavam em duas direções. Que a INEOS, com a chegada do Discovery ao MTB, crie em um futuro próximo uma estrutura independente somente para MTB e aumente o quadro de atletas com especialistas desta modalidade. Ou que pensou em criar uma equipe de estrada feminina completa onde Pauline pudesse combinar várias modalidades.

     

    Photo by Tobias SCHWARZ / AFP)

    A verdade é que até hoje não há muito mais informações, além do fato de que a Pinarello foi contratada para desenvolver uma bicicleta de MTB para a INEOS, mas declarações recentes de Pauline Ferrand-Prévot ao Cyclingweekly sugerem que a francesa pode voltar à estrada depois os Jogos Olímpicos de 2024 em Paris.

    “Eu vim da estrada originalmente, então é claro que gostaria de voltar à estrada um dia” “Mas não agora, depois dos Jogos Olímpicos de Paris.”
    Ao ser questionada se se via em um time feminino de estrada da INEOS, a francesa respondeu assim:
    “Não sei”. “Não cabe a mim dizer essas coisas. Mas o ciclismo feminino está evoluindo muito bem. É muito interessante ver a evolução dele e que o esporte tem crescido muito.”
    “O bom do ciclismo feminino é que não existe um modelo padrão de competição e é muito interessante segui-lo”.
    Independentemente do seu futuro a médio prazo, não há dúvida de que Pauline será uma das ciclistas que mais atenção receberá no próximo XCO World Cup em Nove Mesto 2023, e lá poderemos verificar se ela recuperou 100 % de sua lesao no quadril ou se ela estrear uma noao Pinarello de MTB, entre outras coisas.
    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.