• Início
  • Journal
  • Depois da passada belga o mundo conhece a sapatada belga. kakakakakak
  • Depois da passada belga o mundo conhece a sapatada belga. kakakakakak

    Depois da passada belga o mundo conhece a sapatada belga. kakakakakak
    por Daniel Bahia
    Grande vitória do líder Belga, o jovem Remco Evenepoel (Quickstep) que consolida sua caminhada a Madrid vestido de Rojo. A primeira em um Grand Tour, vestindo a camisa de líder e implacavelmente colocando mais tempo sobre os concorrentes.
    O tamanho do feito envolve recordes gigantes como por exemplo o segundo contrarrelógio mais rápido de todos os tempos em uma Vuelta, excluindo prólogos geralmente curtos. Remco percorreu 30,9 km em 33’18” com uma média de 55,67km/h… Bestial!
    Mas o feito de Remco não pode apagar as excelentes atuações de Primoz Roglic (Jumbo) – segundo 48” atrás do vencedor e Carlos Rodriguez (Ineos) – quarto 1’22 atrás na etapa. Andaram muito e com você sentimento que a batalha não acabou.
    Na disputa pela camisa Verde , o Sprinter Sam Bennet (Bora) abandonou a Vuelta e agora o esforço e a luta de Mads Pedersen (Trek) estão a pouco de serem recompensados.
    Ainda sobre Remco, a missão de acabar com a seca Belga em Grand tours é um fardo árduo, mas que pode mudar pra sempre a história dessa jovem estrela. Desde Johan De Muynck no Giro d’Italia de 1978 a Bélgica não tem um título de grande volta. Logo a Bélgica, um dos berços do ciclismo com grandes atletas, grandes provas e um povo fanático.
    Arriba Remco!!!
    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.