• Início
  • Journal
  • Brasil Ride 2022 teve Henrique Avancini e Marcella Toldi como campeões
  • Brasil Ride 2022 teve Henrique Avancini e Marcella Toldi como campeões

    Brasil Ride 2022 teve Henrique Avancini e Marcella Toldi como campeões

    Brasil ride, a principal stage race premium de mountain bike do mundo aconteceu no sul da Bahia, na semana passada.

    A Costa do Descobrimento, no sul da Bahia, acolheu a principal stage race premium de mountain bike do mundo, a Brasil Ride. Dos dias 23 a 29 de Outubro, pudemos acompanhar as belas disputadas desta prova, que trouxe o verdadeiro MTB à tona.

    brasil ride 2022

    O grande desafio desta prova não está só em vencer, mas no autoconhecimento, viver o esporte, superar os limites e chegar o mais próximo da natureza que se pode estar. Lado a lado, os amantes do esporte e as estrelas do MTB nacional e mundial realizaram esta jornada pelo coração do Brasil. Na trilha, na mesa do jantar ou no acampamento, a confraternização e troca de experiência entre os atletas é um dos pilares do evento. 

    Os brasileiros Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e Marcella Toldi (Johny Lin / Ciclovia Rio Pinheiros) confirmaram o título de campeões da ultramaratona Brasil Ride 2022 na nova categoria Elite individual.

    Avancini encerrou a classificação geral com o tempo de 18h07m34s. O português Tiago Ferreira (DMT Racing Team by Marconi) foi o 2º, com 18h17m55s. Edson Rezende (Caloi Henrique Avancini Racing) foi o 3º, com 18h19m09s.

    Avancini destacou a importância de sua vitória. “Fui amarela de ponta a ponta, foi emocionante. A Brasil Ride é incrível. O ritmo da elite solo é mais dinâmico. Chego ao final da prova com a sensação de dever muito bem cumprido. Não fraquejei nenhum dia. Estou muito feliz. Esta é a primeira ultramaratona a adotar este formato individual e provavelmente uma das corridas mais difíceis para as elites e vencê-la tem um significado especial”, declarou. 

     

    Já na elite feminina, Marcella Toldi (22h29m15s) abriu grande vantagem. A segunda colocada, a alemã Naima Diesner que ficou 1h16m17s atrás da campeã. Daniela Costa foi a terceira, a 1h46m02s.

     

    Marcella comemorou e disse: ” Foi muito emocionante. No ano passado queria ter feito mais e foi dolorido perder no último dia, mas este ano lavei a alma e mesmo com todos os problemas saber que deu tudo certo e que estava em forma foi muito especial. Eu amo essa prova. Agora é só comemorar e me preparar para o ano que vem.” 

     

    O #TeamiQ esteve presente na prova este ano, além do nosso parceiro Hugo Prado Neto que foi campeão na categoria Dupla Master ao lado do atleta João Paulo Firmino, também tivemos a participação de Igor Quintella, um dos fundadores da iQ. 

     

     

    E aí? Ficou animado para participar da Brasil Ride 2023? Então corre pois as inscrições já estão abertas! 


    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.