• Início
  • Journal
  • A Vuelta começa como terminou o Tour, Jumbo neles!!
  • A Vuelta começa como terminou o Tour, Jumbo neles!!

    A Vuelta começa como terminou o Tour, Jumbo neles!!

    por Daniel Bahia

    Hola amigos!

    Aqui quem vos escreve é Daniel Bahia, mais um apaixonado por bicicleta, suas historia e todas as suas vertentes. Durante a Vuelta 2022 estarei junto com todo o time da IQ para trazer um resumo de tudo que aconteceu em cada etapa ou, pelo menos, um breve resumo dos melhores momentos.

    Prologo feito, vamos ao que interessa, Etapa 1 da Vuelta 2022

    A primeira equipe a descer a rampa em Utrech na Holanda hoje foi a pequena espanhola Burgos BH, as 18:30 horario local (13:30 horario BSB) e sequencia foi a seguinte:

    18:30:00 Burgos-BH

    18:34:00 Intermarché – Wanty – Gobert Matériaux

    18:38:00 Israel – Premier Tech

    18:42:00 Groupama – FDJ

    18:46:00 Team Arkéa Samsic

    18:50:00 Cofidis

    18:54:00 Euskaltel – Euskadi

    18:58:00 EF Education-EasyPost

    19:02:00 Team BikeExchange – Jayco

    19:06:00 AG2R Citroën Team

    19:10:00 Bahrain – Victorious

    19:14:00 Lotto Soudal

    19:18:00 Alpecin-Deceuninck

    19:22:00 Equipo Kern Pharma

    19:26:00 Team DSM

    19:30:00 BORA – hansgrohe

    19:34:00 UAE Team Emirates

    19:38:00 Astana Qazaqstan Team

    19:42:00 Trek – Segafredo

    19:46:00 INEOS Grenadiers

    19:50:00 Quick-Step Alpha Vinyl Team

    19:54:00 Movistar Team

    19:58:00 Jumbo-Visma

    Com a maioria dos super times largando no final da prova, já era esperado que os tempos fossem baixando a cada chegada e o HOT SEAT, ou trono do lider, virasse uma brincadeira de dança das cadeiras.

    O piso úmido no início fez com que o tempo inicial da equipe Burgos, a qual teve uma baixa mesmo antes da largada, ficasse em 26’38” com uma velocidade média de 52,4km/h. Os tempos foram baixando rapidamente e o primeiro grande time a estabelecer um tempo forte foram os especialistas da BikeExchange que 25’11” a 55,5km/h… O “Trem Azul” segurou esse tempo a frente de várias equipes fortes como a UAE de João Almeida e a BORA do vencedor do Giro d’Italia de 2022 Jai Hindley.

    Bastaram as grandes potências, favoritissimas à classificação geral, iniciarem a prova para que a velocidade média subisse para a casa de 56km/h. Primeiro a forte equipe da Ineos com Carapaz, Van

    Baarle e Sivakov, que destronou a Bike Exchange por 18”. Em seguida o WolfPack Belga (Quickstep), capitaneados pela dupla Evenepoel/Alaphilippe chegando a apenas 1” da Ineos.

    Os Países Baixos são tradicionalmente apaixonados pelo ciclismo, celeiro de grandes atletas, berço de grandes provas, a largada em solo holandês trouxe um toque de emoção e paixão especial para essa edição da Vuelta. Agora adicione a esse contexto a melhor equipe do mundo sendo nativa, correndo para a própria torcida e defendendo o tricampeonato de seu capitão, o desafortunado Primoz Roglic, que abandonou as duas últimas ediçoes do Tour de France, correndo como um dos principais favoritos. Valente e campeão que é, Roglic não amoleceu e rodeado por excepcionais atletas como Rohan dennis, Edoardo Affini e Sepp Kuss, partiu para um avassalador TTT batendo todas as parciais e completando os 23,3km do percurso em 24’40” a 56,7km/h. Bang… De lambuja o veterano da equipe Robert Gesink teve a honra de cruzar a linha na frente e vestir a primeira Camisa Vermelha dessa edição.

     

     

     

    Muito obrigado e espero que tenham gostado, forte abraço do Bahia – VAMOS!!!

    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.