• Início
  • Journal
  • “Remcão” segurando as pontas
  • “Remcão” segurando as pontas

    “Remcão” segurando as pontas
    por Daniel Bahia
    Lembro do tempo em que a referência de característica física ideal para os vencedores de grandes voltas era de atletas mais experientes, com mais acúmulo de treinos e temporadas de competição.
    Atualmente vemos uma enorme quantidade de atletas que disputam a “Camisa Branca” lutando pela Geral. Nessa edição da Vuelta temos vários jovens no Top 10, por exemplo Remco Evenepoel – 22 anos (Quickstep), Carlos Rodriguez – 21 anos (Ineos), Juan Ayuso – 19 anos (UAE), João Almeida – 24 anos  (UAE) e Thymen Arensman – 22 anos (DSM).
    Arensman, provável herdeiro do legado de Tom Dumoulin (que aposentou-se de forma prematura e expontânea nessa temporada), já havia feito um belo Giro d’Italia, conseguiu hoje sua vitória de etapa nessa Vuelta 2022, na mais aguardada etapa de montanha. A etapa rainha com, chegada no alto de Sierra Nevada.
    Depois de se destacar de uma forte fuga formada na etapa com quase 30 atletas  e inúmeras estrelas como: Vincenzo Nibali, Rigoberto Uran, Carapaz, Carthy, Hindley, Rohan Dennis, dentre outros, Arensman terminou os 152.6km da etapa com 4:17:17. O segundo colocado na etapa, Enric Mas (Movistar), que está crescendo bastante nesse final de Vuelta, chegou 1’23” e em terceiro Superman (Miguel Angel) Lopez (Astana) 1’25” do líder.
    Na classificação geral Remco cedeu um pouco de terrenos aos concorrentes diretos (Roglic 15” e Mas 36” + 6” bônus).
    Partimos para a última semana da Vuelta, etapas planas, chegadas ao alto, muito calor e adrenalina prometem agitar essa reta final…. Remco vai conseguir suportar a pressão?
    Vamos!!!!
    Compartilhe este post

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.